FIA aceita mudança de nome da ex-Honda para Brawn GP

Alan Baldwin, REUTERS

LONDRES, INGLATERRA - O nome da antiga equipe Honda de Fórmula 1 foi oficialmente modificado para Brawn GP nesta terça-feira, após o pedido ter sido aceito pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA).

A entidade disse em um comunicado, depois de encontro em Paris, que a mudança de nome foi aceita porque a Brawn era "na verdade uma nova inscrição" no campeonato.

- O contrato que a equipe fez com a FIA foi para correr como Honda, o que eles não podem mais fazer - afirmou a nota. - No entanto, o valor padrão exigido para entrar (na Fórmula 1) foi dispensada.

A Brawn GP, que usará motores Mercedes após a decisão da Honda de sair da Fórmula 1, pertence agora ao antigo chefe da própria escuderia, Ross Brawn.

A equipe, que irá fazer sua corrida de estreia na Austrália, no dia 29, ditou o ritmo nos testes de pré-temporada dos últimos dias.

A Honda anunciou em dezembro que estava desistindo de sua equipe na Fórmula 1 devido à crise global de crédito.