Para Lucas, Liverpool deve enfrentar Real com inteligência

Dassler Marques, Portal Terra

RIO DE JANEIRO - Um dos principais duelos das oitavas-de-final da Liga dos Campeões nesta terça-feira, Liverpool e Real Madrid se enfrentam na Inglaterra (às 16h30 no horário de Brasília) em uma partida que indica desvantagem para os espanhóis, que foram batidos em seus domínios, por 1 a 0 no jogo de ida. Na opinião do volante brasileiro Lucas, que deve estar no banco de reservas da equipe inglesa, é preciso muita inteligência para administrar o gol a mais.

Sabemos que esse gol feito fora de casa vale muito, principalmente na Liga dos Campeões. Não sofrer também foi importante na Espanha. Precisamos jogar com inteligência, mas se fizermos um gol em casa fica difícil para eles explica Lucas, em entrevista exclusiva ao Terra.

Na opinião do ex-gremista, encontrar o caminho das redes no jogo em casa, no Anfield Road, significa praticamente garantir a classificação do Liverpool para as quartas.

Se fizermos um, eles precisarão de dois. Então temos que tentar o gol, até por estarmos em nosso estádio projeta o brasileiro, que briga com o espanhol Xabi Alonso e o argentino Javier Mascherano por um lugar entre os titulares.

Em grande fase no Campeonato Espanhol, onde venceram dez partidas e empataram outra nos últimos 11 jogos, o Real Madrid confia, principalmente, na fase do ponteiro holandês Arjen Robben que, posicionado do lado direito do ataque, se transformou em um dos principais destaques da equipe espanhola na temporada, o que é endossado nas palavras de Lucas.

Ele vem em um momento especial e nos deu muito trabalho no jogo do Santiago Bernabéu, quando tivemos essa preocupação, mas conseguimos neutralizá-lo. Como ele joga do lado direito, é canhoto, e desloca para o meio toda hora, precisa de dois ou três jogadores na cobertura, porque ele dribla em cima do pé ruim do marcador. Vamos tomar os cuidados novamente, mas não esquecer que ainda tem o Raul, que é um grande jogador apesar da idade, e o Higuaín destaca Lucas.

Responsável por conduzir o Liverpool para duas finais de Copa dos Campeões nas últimas quatro edições do torneio, o treinador espanhol Rafael Benítez pediu mais crédito pelo trabalho que realiza na equipe inglesa.

Temos o melhor índice na Europa nos últimos cinco anos e os fatos estão aí. Todos podem ver o que fiz aqui e você precisa julgar as pessoas pelo trabalho que estão fazendo e vejo o quanto o Liverpool progrediu comigo por aqui. A equipe está sempre melhorando e agora está melhor que nunca. Estamos mais perto do título inglês e indo novamente bem na Copa dos Campeões, onde as pessoas talvez não imaginem o quanto é difícil se manter com sucesso afirmou em entrevista ao site da BBC inglesa.

A forma européia do Liverpool, que trouxe bom resultado da Espanha contra o Real Madrid, também anima Lucas, que já não prioriza o título inglês como antes.

Se passarmos pelo Real, são quatro jogos até a final. Quero muito ganhar esse título e entrar para a história diz o brasileiro.