Europeus citam 'microfonada' em estreia discreta de Ronaldo

Portal Terra

SÃO PAULO - A estreia de Ronaldo pelo Corinthians, ontem, foi lembrada pela imprensa europeia especialmente pela 'microfonada' que o atacante recebeu ao final do jogo contra o Itumbiara, no Estádio Juscelino Kubitschek, pela Copa do Brasil.

- Ao sair de campo, uma nuvem de jornalistas rodeou o astro e um deles desferiu um golpe com um microfone no olho. Ronaldo deixou o campo protegendo o olho e sem fazer comentários - destacou o jornal El País, seguindo a tônica de outras publicações espanholas e italianas.

O La Gazzeta dello Sport, por sua vez, lembrou que Ronaldo não jogava há exatos 387 dias, quando sofreu uma grave lesão no joelho no Milan.

- Depois de entrar aos 22 minutos do segundo tempo, Ronaldo jogou pouco futebol, mostrando que a sua forma física ainda não está à altura de seus melhores dias - disse o jornal italiano, que deu o seguinte título à reportagem: 'Ronaldo volta, mas ainda sem ser Fenômeno'.

Já o La Republica publicou uma declaração do técnico Mano Menezes elogiando a movimentação do atacante e destacou a superação. - Não marcou um gol, mas foi como se tivesse marcado - disse o texto do jornal.

O site oficial da Fifa seguiu a tônica das outras publicações e disse que Ronaldo esteve longe de apresentar um futebol parecido com o melhor de sua carreira. - Vestindo a camisa nove, Ronaldo deu poucos toques na bola em uma estreia não espetacular - disse.