Luxemburgo acha que idioma atrapalhou Felipão no Chelsea

Portal Terra

SÃO PAULO - O técnico Vanderlei Luxemburgo atribuiu à língua inglesa as dificuldades de Luiz Felipe Scolari em permanecer no Chelsea. O treinador comentou a demissão de Felipão do comando da equipe inglesa no programa Bem Amigos!, do Sportv.

- O problema do Felipão é a maneira de envolver os jogadores no projeto. Ele depende do idioma da maneira como ele passa. Ele fala inglês, mas não domina e fica na dependência de como os jogadores vão absorver o que ele passa - disse o atual treinador do Palmeiras.

Apesar da demissão, Luxemburgo fez diversos elogios ao antigo rival, quando ambos treinavam no Brasil. - O Felipão fez um trabalho em Portugal com a Regina Brandão que eu queria ter seguido. Ele fez um trabalho para conhecer o perfil do jogador de Portugal. Ele aprendeu que o brasileiro após uma derrota chuta o balde e o europeu entra no vestiário, toma banho e vai embora, completamente frio - explicou.

Ele também defendeu o ex-técnico do Chelsea diante das críticas recebidas da imprensa inglesa. - Falaram que ele não é técnico de clubes. O Felipão é vencedor nos clubes aqui no Brasil - afirmou.

Ao defender o compatriota, ele também explicou a sua situação quando foi demitido do Real Madrid. Para Luxemburgo, a recepção que técnicos brasileiros recebem na Europa não é boa. - Existe uma competição muito forte contra os técnicos estrangeiros. E nós temos uma competição muito maior. A nossa cultura é diferente. Hoje eu iria para a Europa completamente diferente. Lá não tem a parte emocional, porque eles são completamente responsáveis - disse.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais