Após passar mal, brasileiro Juninho é punido no Nacional de Portugal

JB Online

RIO DE JANEIRO - O meia brasileiro Juninho, ex-Fluminense, foi punido pela diretoria do Nacional da Ilha da Madeira após passar mal no aeroporto, pouco antes de uma viagem da equipe, no final de janeiro. O jogador afirmou que não vem recebendo salários e negou que tenha feito "corpo mole".

- Acho que aqui no Nacional ninguém está autorizado a passar mal, pois corre o risco de ser colocado num paredão e sofrer um processo disciplinar. Sempre fui um profissional dedicado e não admito ser acusado de fazer corpo mole, como quer deixar transparecer a direção do clube - afirmou.

O presidente do clube, Rui Alves, suspendeu o pagamento de janeiro ao jogador e o proibiu de participar dos treinamentos.

Juninho não participa das atividades com o grupo desde 28.

O Sindicato dos Atletas Profissionais de Portugal já saiu em defesa do meia brasileiro e afirmou que irá dar suporte ao jogador.