Colorado faz dois e Brasil se vinga do Uruguai

Portal Terra

SÃO PAULO - Três dias depois de perder a invencibilidade no Sul-Americano Sub-20, diante do mesmo Uruguai, ainda na fase de grupos, o Brasil conseguiu devolver a derrota para os rivais na noite deste sábado e largou bem no hexagonal final da competição disputada na Venezuela. Com dois gols do atacante Walter, do Internacional, o time nacional venceu por 3 a 2 no Estádio Polidesportivo Cachamay, em Puerto Ordaz, e lidera a disputa até o momento.

Elogiado após conquistar quatro vitórias nos duelos do Grupo B, contra Bolívia, Chile, Paraguai e Brasil, o time uruguaio não foi páreo desta vez para a equipe comandada por Rogério Lourenço na estréia das equipes na fase final do torneio.

Depois de vencer pelo mesmo placar e garantir a ponta da chave, deixando os brasileiros com apenas o terceiro lugar, o Uruguai viu ser quebrado seu aproveitamento de 100%. Com a vitória, o Brasil larga na frente no hexagonal, já que Argentina e Paraguai empataram o outro duelo do dia.

Para vencer o carrasco, o time verde e amarelo mais uma vez contou com os gols do centroavante Walter, que atua pelo Internacional. Com quatro tentos marcados no torneio, o camisa nove brasileiro já ocupa a artilharia do Sul-Americano, ao lado do paraguaio Robin Ramírez. O outro jogador que balançou as redes uruguaias no duelo foi o meia Douglas Costa, que defende as cores do Grêmio.

Para a partida, o técnico Rogério Lourenço fez alterações, colocando Maylson e Tales no meio-campo, enquanto Diogo tomou o lugar de Everton na lateral esquerda. A vontade era tanta de se vingar que, logo no primeiro minuto, Dentinho arrancou pela esquerda, invadiu a área e acabou se jogando. Ele reclamou muito e acabou levando um cartão amarelo por simulação.

Aos poucos, a equipe começou a dominar as ações. Aos 7min, o meia Tales faz passe longo para Dentinho, mas a defesa cortou. Pouco depois, o meia do Corinthians teve outra boa chance e chutou em cima do goleiro.

Aproveitando os muitos erros de passe do Uruguai, a seleção abriu o placar. Aos 19min, o atacante Walter apareceu bem pela primeira vez ao receber na corrida, dominar com o pé direito e bater no canto do goleiro Pérez para abrir o placar.

O Uruguai respondeu aos 23min com boa jogada individual de Urretaviscaya, mas o zagueiro Rafael Tolói afastou. O meia conseguiu outro bom lance aos 25min, mas não havia ninguém para completar na área do Brasil.

Diante da pressão, quem acabou marcando foi a Seleção Brasileira, e novamente com Walter: o jogador do Internacional recebeu passe de Giuliano e invadiu a área, tocando por baixo do goleiro e ampliando o placar.

O resultado fez com que a equipe relaxasse na marcação, permitindo o avanço do adversário. Viúdez bateu falta pela direita e o goleiro Renan falhou, largando a bola para Silva completar ao fundo das redes.

Na etapa final, os comandados de Rogério Lourenço deixaram o Uruguai crescer na partida. Nos minutos iniciais, os adversários tentaram de todas as formas chegar ao empate, principalmente nas bolas alçadas à área.

O Brasil só chegou com perigo pela primeira vez aos 12, em chute de Giuliano que passou por cima. Aos 18min, o goleiro Renan salvou a equipe ao fazer grande defesa em uma bomba de Calzada, que tinha entrado há pouco tempo no jogo.

Para mudar a situação do jogo, Rogério Lourenço tirou Dentinho e colocou o meia Douglas Costa, até então titular, para reforçar o setor. A mudança deu certo, pois o jogador do Grêmio conseguiu duas boas chances em jogadas individuais. E foi ele que acabou marcando o terceiro gol do Brasil, aos 32min. O meia chutou da entrada da área, rasteiro, e acabou surpreendendo o goleiro Pérez.

Com o terceiro gol, os uruguaios se perderam de vez em campo e o Brasil aproveitou para tocar a bola, chegando com perigo ao ataque. Giuliano, aos 41min, e Maylson, no minuto seguinte, quase marcaram o quarto para a Seleção.

Os uruguaios descontaram em bela cabeçada de Hernández no minuto final, subindo mais que a defesa, mas o juiz apitou o fim da partida logo em seguida e o Brasil começou com moral a fase final do Sul-Americano Sub-20.

O próximo compromisso dos brasileiros será o clássico com a Argentina, na próxima segunda-feira. O jogo será no Estádio Monumental de Maturín e em seguida, o Uruguai pega a Colômbia, no mesmo local. Paraguai e Venezuela se enfrentam em Puerto La Cruz, completando a segunda rodada. As quatro melhores equipes se classificam ao Mundial da categoria, no Egito, em setembro.

Com informações e agências.