Por 2014, Simon espera 'gol de placa' de Porto Alegre

Guilherme Mergen, Portal Terra

PORTO ALEGRE - Presente na cerimônia organizada pelo governo do Rio Grande do Sul para receber a comitiva da Fifa, na noite desta sexta-feira, o árbitro Carlos Simon classificou como "um gol de placa" a forte possibilidade de Porto Alegre receber os jogos da Copa do Mundo de 2014.

Com participação nos Mundiais de 2002 e 2006, o árbitro de futebol gaúcho disse que o Brasil demonstra estar preparado para receber o evento mais importante do esporte pela primeira vez desde 1950.

- Dentro de campo, já mostramos quem somos. Agora, com a Copa de 2014, vamos mostrar que também somos capazes fora dele - disse.

A equipe responsável pelas visitas nas 17 cidades candidatas a receber jogos, composta por três dirigentes da Fifa e seis representantes do Comitê Organizador Brasileiro da Copa do Mundo, chegou em Porto Alegre por volta das 20h30 (de Brasília), duas horas depois do horário previsto.

De acordo com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o mau tempo em São Paulo atrasou a decolagem do jatinho fretado exclusivamente para as visitas do comitê no Brasil.

Ao chegar à cerimônia, realizada no Palácio Piratini, sede do governo gaúcho, a comitiva da Fifa foi escoltada por batedores e entrou por um portão alternativo, sem falar com a imprensa. O jantar oferecido pela governadora Yeda Crusius é fechado para jornalistas.

De acordo com as orientações repassadas pela assessoria de imprensa do governo do Rio Grande do Sul, o único pronunciamento oficial deverá ser feito neste sábado pelo presidente da CBF, Ricardo Teixeira.

Na manhã deste sábado, às 10h (de Brasília), a comitiva da Fifa visitará o Estádio Beira-Rio e assistirá uma apresentação com as reformas propostas pela direção do Internacional para receber jogos do mundial. Os dirigentes ainda sobrevoarão a capital gaúcha em dois helicópteros e conhecerão as obras propostas pela prefeitura para a Copa de 2014. À tarde, o grupo viaja a Florianópolis.

Porto Alegre é a segunda cidade visitada pela comitiva da Fifa no Brasil. Na tarde desta sexta-feira, os dirigentes estiveram em São Paulo, que poderá receber a abertura da Copa. A previsão é de que a Fifa encerre as 17 visitas no dia 7 de fevereiro, em Fortaleza.