Schumacher diz que não deve testar nova Ferrari

Portal Terra

RIO DE JANEIRO - Heptacampeão mundial de Fórmula 1, o alemão Michael Schumacher, que ainda se mantém ocasionalmente como piloto de testes da Ferrari, afirmou que na atual temporada é improvável dirigir o F60, novo modelo da equipe italiana para a categoria.

As próximas semanas serão de preparação para toda a temporada disse o ex-piloto, 40 anos, que deixará apenas com o brasileiro Felipe Massa e o finlandês Kimi Raikkonen a missão de testar o monoposto da escuderia italiana.

Schumacher, que se mantém na Ferrari apenas como consultor, admitiu ainda, em entrevista à publicação Motor Sport News que participará do Campeonato Alemão de Superbike em 2009, sua nova paixão.