Ex-vizinhos no subúrbio do Rio, Ronaldo e Souza disputam vaga no Timão

Maurício Duarte, Portal Terra

ITU - Hoje concorrente de Ronaldo por uma vaga de titular no Corinthians, Souza já foi apenas um admirador do maior artilheiro da história das Copas do Mundo. Principalmente porque nasceram e cresceram no mesmo bairro, Bento Ribeiro, Zona Norte do Rio de Janeiro. - Ele conhecia meu pai quando era pequeno. Éramos quase vizinhos, mas não fomos criados juntos. Ele saiu muito rápido, não tivemos nenhum contato. Só fui conhecê-lo aqui no clube - lembrou.

O camisa 50 espera construir um bom relacionamento com Ronaldo e aprender muito com ele. Confessou, ainda, que, por terem morado na mesma vizinhança, cresceu se espelhando no fenômeno. - Toda criança queria ser igual ao Ronaldo - declarou.

Souza acredita que, mesmo sem o camisa 9, o Corinthians tem um time que merece o respeito de qualquer adversário, mas não ignora o acréscimo que Ronaldo pode trazer dentro de campo. - Claro que o Ronaldo faz falta. Com ele tudo muda, tudo melhora - disse.

Seu companheiro de ataque, Jorge Henrique, declarou que recebe orientações de Ronaldo para fazer mais gols. Souza, entretanto, ainda não teve esse privilégio. - Não tivemos muita conversa sobre futebol e posicionamento - contou.

Sobre uma possível aposta de Ronaldo sobre a disputa de Souza com os outros goleadores do campeonato, Souza aposta no corporativismo do colega. "Acho que ele vai apostar em mim. Afinal, fomos criados no mesmo bairro, "pô", brincou.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais