Preparador físico faz um balanço da pré-temporada do Madureira

JB Online

RIO - Durante os oito dias de pré-temporada em Araruama, na Região dos Lagos, os jogadores do Madureira passaram por uma verdadeira prova de fogo para o Campeonato Carioca. Os atletas correram, pularam, chutaram e suaram muito a camisa. Os responsáveis por todo este trabalho de preparação física são os professores Alfredo Neto e Bruno Campos. Ocupando o cargo desde a saída de Fábio Lefundes para o Al Read, da Arábia Saudita, "Alfredinho", como é conhecido, fez uma avaliação dos trabalhos realizados na Arena Guanabara.

- Estava conversando com os jogadores e fiz questão de dar parabéns a todos do elenco pelo excelente desempenho na pré-temporada. Os atletas ganharam massa muscular, diminuíram o percentual de gordura no corpo e estão em um ritmo muito bom. A dedicação, vontade e a confiança foram muito importantes para o sucesso da pré-temporada - disse Alfredo Neto, que fez questão de elogiar o trabalho realizado pela nutricionista do clube Glauce Larosa.

No treino realizado nesta terça-feira no CFZ, a única baixa foi o lateral-esquerdo Amarildo. O jogador acabou lesionando o joelho esquerdo após uma dividida com o atleta do Boavista, no amistoso realizado nesta segunda-feira. Nos próximos dias será feito um exame de ressonância magnética para saber o grau da lesão. Ainda sentindo muitas dores, Amarildo está fora do primeiro jogo do Madureira na Taça Guanabara, quem garante é o médico do clube Dr. Rodrigo Castelo Branco.

- Sem um exame de ressonância magnética não podemos analisar a lesão. Pelo raio-X o joelho está perfeito e não apresenta problemas, mas o jogador ainda sente dores. Vamos aguardar o resultado para diagnosticar melhor a lesão. O que posso garantir no momento é que para o jogo contra o Resende, no próximo sábado Amarildo será poupado - disse.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais