Oferta por Kaká agita Milan; Berlusconi descarta venda

Portal Terra

MILÃO, ITÁLIA - De acordo com a imprensa européia, o Manchester City ofereceu 100 milhões de libras (cerca de R$ 337 mi) pelo craque brasileiro Kaká, mas o Milan, por meio do dono Silvio Berlusconi, declarou não ter conhecimento da proposta.

Não sei nada sobre a proposta do Manchester City para o Kaká. Acho que ele não é negociável e que ele ficará no Milan comentou o primeiro-ministro italiano.

Uma delegação do Manchester City chegou a Milão, entre entre eles o diretor Gary Cook, para conversar com os dirigentes do clube rubro-negro e tentar levar o craque brasileiro ao time de Robinho em 2009. Especula-se que o brasileiro ganharia 15 milhões de libras (aproximadamente R$ 50 milhões) por ano no novo clube.

Caso o Milan aceite a oferta do City, seria a maior negociação da história do futebol mundial. A maior foi em 2001, quando o Real Madrid pagou cerca de US$ 65 milhões (cerca de R$ 219 milhões - em valores atuais) pelo francês Zidane.

No passado, entretanto, o Milan já teria recusado ofertas milionárias de Chelsea e Real Madrid pelo melhor jogador do mundo na temporada 2007.