Botafogo já começa a ganhar 'cara' de Ney Franco em 2009

Fúlvio Melo, Jornal do Brasil

RIO - Depois de uma semana de treinos físicos, o elenco alvinegro teve, na manhã desta terça-feira, no Caio Martins, seu primeiro coletivo em 2009. Com apenas três titulares remanescentes da campanha do ano passado, Ney Franco comandou um mini-treino dividido em três partes. Após cerca de 45 minutos de atividade, sob sol escaldante, Ney revelou sua primeira impressão.

Gostei da movimentação do Diego e do Léo Silva. Não temos equipe titular nem reserva. Nomeie os times de X e Y. É bom realizarmos treinos nessa temperatura, pois os jogos serão disputados em condições parecidas explicou Ney, que comandará o time em dois jogos-treino.

O time titular treinou no habitual 4-4-2 com Renan, Alessandro, Emerson, Teco e Eduardo na defesa. Juninho, visivelmente fora de forma, esteve no trabalho com os preparadores físicos. No ataque, estavam um lépido Diego e Reinaldo ainda se readaptando ao futebol nacional. No meio-campo a maior surpresa. Ao lado de Leandro Guerreiro, Fahel e Maicosuel, o antes renegado Tulio Souza atuou os primeiros 25 minutos do treino como titular e parece ter agradado ao chefe.

Se a primeira partida fosse hoje, Tulio seria titular. Ele começou a ganhar posição quando atuou bem na último jogo do ano passado afirmou Ney, que pouco utilizou o atleta em 2008.

Doença rara

Parte do pouco aproveitamento de Tulio Souza, autor de um dos gols no coletivo que terminou com a vitória da equipe Y por 3 a 2, se explica por dois motivos. A posição em que atuava, lateral, e uma rara doença chamada síndrome de Gillmore.

Para jogar no Botafogo, aceitei jogar na lateral, mas sou segundo volante. Cheguei machucado e descobri que tinha síndrome de Gillmore explicou Tulio.

A doença, que atinge um entre cada 1 milhão de atletas, é causada pelo avanço do intestino na parede abdominal, que gera uma sensação de desconforto e dor muscular, mesmo depois da cirurgia.

Desde a lesão faço sempre reforço muscular. A dor ainda incomoda de vez em quando conta.

Porém, a briga pela titularidade não deve ser fácil. O meia Renato já treina em Caio Martins e só espera a rescisão com seu atual clube, o Maccabi Haifa, para ser apresentado oficialmente como jogador do clube.