Negociação entre Flamengo e Porto por Ibson emperra

JB Online

RIO DE JANEIRO - A diretoria do Flamengo foi surpreendida pela atitude do Porto que recusou a proposta inicial feita pelo clube da Gávea para ceder o meia Ibson em definitivo. O valor oferecido, no entanto, foi bem abaixo da pedida do Porto, que só negocia o jogador por cerca de R$ 13 milhões.

Caso o impasse persista, Ibson terá que voltar a Portugal no meio do ano, quando termina seu contrato. O jogador não escondeu sua frustração com a notícia e disse que pretende ficar na Gávea. O empresário de Ibson chegou a sugerir uma troca com o meia Richarlyson do São Paulo, idéia repelida pela diretoria do Flamengo.

O jogador está emprestado até o dia 4 de julho de 2009, e depois desta data terá que se reapresentar em Portugal se os clubes não chegarem a um acordo. Ibson disse que o seu empresário, Eduardo Uram, e o seu pai vão cuidar dos seus interesses na negociação, que ele espera ser bem sucedida.

Nova chance

Como não existem muitos recursos para novas contratações, a diretoria do Flamengo vai apostar no centroavante Josiel que ainda não conseguiu repetir na Gávea os gols marcados quando atuava no Paraná.

Para o vice-presidente Kléber Leite, Josiel merece uma nova chance porque pegou o barco no meio do caminho e agora terá a chance de fazer a pré-temporada junto com os outros jogadores.