Catar quer se candidatar a sede de Copa do Mundo

REUTERS

DUBAI - O Catar está considerando se candidatar para sediar uma Copa do Mundo de futebol, disse uma autoridade nesta terça-feira. Caso escolhido, seria o primeiro estado árabe a sediar um Mundial.

Saud al Mohannadi, secretário-geral da Associação de Futebol do Catar, disse que o país tem "os meios e a capacidade" de sediar a Copa de 2018 ou 2022 e tomaria a decisão no começo do ano que vem.

- Estamos muito interessados e acreditamos que podemos sediar um evento esportivo importante como a Copa do Mundo - disse Al Mohannadi.

- Temos os estádios e a experiência em sediar eventos esportivos. Não queremos nos apressar, precisamos descobrir quais são as exigências, mas estamos interessados - completou.

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, disse recentemente que as cidades que sediarem as finais de 2018 e 2002 seriam anunciadas ao mesmo tempo, com o processo de candidaturas sendo lançado em janeiro e encerrado em dezembro de 2010.

O Catar será a sede da Copa Asiática de futebol em 2011 e já organizou eventos internacionais de tênis, golfe e motociclismo, assim como os Jogo Asiáticos de 2006, considerados os mais bem-sucedidos da história.

O país enfrentará a concorrência da Inglaterra, Holanda e Austrália, assim como Espanha e Portugal, que anunciaram que vão disputar a sede da competição juntos. China, México, Bélgica e Rússia também expressaram interesse.