Atacante do Vasco Pinilla é agredido em boate no Chile

JB Online

CHILE - O atacante chileno Mauricio Pinilla, que acertou recentemente sua renovação de contrato com o Vasco por mais três temporadas se envolveu em confusão na boate Costa Varúa, na região de La Florida, no Chile, no último sábado. 'Pinigol' disse ter sido agredido por Luis "Mago" Jiménez, volante da Inter de Milão, segundo o jornal La Cuarta.

Pinilla foi agredido, por trás, com um copo, seguido por socos aplicados por Jiménez. O atacante vascaíno foi a uma clínica fazer exames, que constataram uma lesão no crânio e na cervical, e em seguida prestou queixa contra o agressor na delegacia.

O motivo da agressão seria um antigo affair entre Pinilla e a mulher de Jiménez, María José López. Na época Pinilla deu uma entrevista sobre o assunto afirmando que "os cavalheiros não tem memória". Pinigol estava na área VIP da boate acompanhado de seus inseparáveis amigos Waldo Martínez e Nicolás Canales, enquanto Jimenez estava no mesmo local, com seus primos e sua esposa. Ao encontrar o desafeto, o jogador da Inter de Milão foi 'acertar as contas' com o rival.