Sem Guerrón, Santos promete "presente de Natal"

Portal Terra

SÃO PAULO - Ainda sem um acerto financeiro com o Getafe para fechar a negociação do atacante Guerrón, ex-LDU, o Santos segue sonhando com uma contratação de peso para a temporada de 2009 e promete aos torcedores alvinegros um "presente de Natal", mesmo que este chegue alguns dias atrasado.

A transação que está sendo tocada por um grupo de investidores esperava ser fechada até a última terça-feira, mas o clube espanhol recusou a proposta dos santistas e deixou o jogador um pouco mais distante de atuar no futebol brasileiro no ano que vem, segundo o gerente de futebol do Santos, Ocimar Bolicenho.

- O último encontro não deu certo. O pessoal (do Grupo Sondas) não conseguiu entrar em acordo com o jogador", disse o dirigente, em entrevista ao jornal A Tribuna. Mesmo assim, Bolicenho adianta que o presente não será esquecido. "Ele será dado até a apresentação do elenco, no dia 7 (de janeiro)- prometeu.

Mesmo após a negativa do presidente do clube espanhol, Angel Torres Sánchez, a empresa ligada ao Grupo Sondas, parceiro do Santos, ainda não desistiu de ter Guerrón. De acordo com Thiago Ferro, diretor da DIS, o fato da negociação não ter sido definida nesta terça-feira, conforme era a idéia da parceira, não quer dizer que a empresa tenha desistido da contratação de Guerrón. Os espanhóis pedem 4 milhões de euros (cerca de R$ 13 milhões), valor este considerado muito alto pelos alvinegros.

- Agora não há tempo para continuarmos essa negociação, pois estamos no Natal. Depois disso, iremos voltar a conversar com o Getafe. Esperamos chegar a um acordo para trazer o Guerrón ao Brasil- disse.