Reunião sela nesta terça futuro de Edmundo em São Januário

Márcia Vieira, Jornal do Brasil

RIO - O futuro de Edmundo deve ser definido nesta terça-feira em uma reunião entre o jogador e o presidente do Vasco, Roberto Dinamite. O encontro pode acabar com o mal-estar criado entre os dois, após o atacante ter declarado que não foi tratado com o devido respeito pela atual diretoria. E, principalmente, garantir a permanência do camisa 10 no time durante o Campeonato Carioca.

Eles ficaram de alinhavar isso até terça-feira. O Edmundo ficou um pouco balançado com as propostas que vem recebendo do exterior e quer saber os planos que o Roberto (Dinamite) tem para ele explicou o procurador do jogador, Hélio Corrêa, que aguarda até o dia 29 duas propostas oficiais pelo seu cliente: uma do mundo árabe e outra da Austrália.

Questionado se o atacante estaria propenso a jogar o Estadual, Helinho se esquivou.

Vai depender muito do que o presidente irá falar com ele. Mas, pelo o que ele representa para o clube, tudo pode acontecer.

Clube pode só oferecer festa

O mais provável é que o presidente vascaíno só ofereça ao atacante uma festa de despedida, o que não aconteceu na reta final do Brasileiro pela desesperada corrida do time contra o rebaixamento. Nem o fato de o presidente ter respondido de forma carinhosa às acusações do atacante no último domingo significa que Edmundo permanecerá. Na ocasião, Dinamite garantiu que não procurou o jogador antes porque o atacante havia dito que iria se aposentar do futebol após o jogo contra o Vitória. Mas há quem garanta que o dirigente o procurou por mais de uma vez, mas não encontrou receptividade por parte do atacante.

Apesar de ninguém declarar abertamente, a permanência de Edmundo não é bem vinda por todos no Vasco. A instabilidade e as regalias que o atacante teve durante a última temporada irritaram vários dirigentes, que encararam isso como mau exemplo para os mais jovens. Esse pensamento, porém, não é partilhado, pelo menos oficialmente, pelo técnico Dorival Júnior.

Seria sensacional trabalhar com ele desde que o Edmundo resolva continuar. Ele é diferenciado e tem uma identificação muito forte com o Vasco. Seria importante ter um jogador como ele no elenco ressaltou o treinador.

Jailton muito perto

Liberado pelo Flamengo, segundo o colaborador rubro-negro Plínio Serpa Filho, o destino do volante Jailton deve ser mesmo São Januário. Nesta segunda-feira o empresário do jogador, Eduardo Uram, declarou que nesta terça-feira deve haver uma definição do caso. Já a situação do goleiro Rafael continua confusa.

Apesar de o São Paulo negar o interesse pelo camisa 1, o seu procurador, Francisco Araújo, garante que recebeu uma proposta pelo jogador. Como a negociação com o Vasco emperrou, o goleiro pode deixar o clube, assim como o lateral Baiano, que não renovou e irá jogar no São Caetano.