Inter joga pelo título da Sul-Americana e para salvar temporada

Jornal do Brasil

PORTO ALEGRE - Campeão mundial, da Libertadores, da Recopa, o Internacional tenta fechar seu ciclo de conquistas internacionais. O último obstáculo é a decisão contra o Estudiantes, às 22h, no Beira-Rio, valendo o troféu da Copa Sul-Americana. Se vencer, o time gaúcho será o primeiro brasileiro a conseguir o feito.

Pela salvação de sua temporada em que era um dos credenciados ao título do Brasileiro, mas, a uma rodada do fim, aparece em sexto lugar, sem chances de classificação para a Libertadores-2009 o Internacional joga nesta noite. O time fez altos investimentos no ano, como a contratação do meia argentino D'Alessandro, e manteve seus principais jogadores, caso de Nilmar. Para ser campeão, basta ao time de Porto Alegre um empate. No primeiro jogo das finais, na Argentina, a equipe brasileira venceu por 1 a 0, mesmo tendo jogado com um a menos Guiñazú foi expulso ainda no primeiro tempo da partida.

O técnico Tite tentou minimizar a condição de favorito e disse que seu time está preparado para uma disputa na prorrogação ou nos pênaltis.

Será equilibrado, por isso o lado emocional é fundamental.

O Inter pode ser o primeiro clube a conquistar a Sul-Americana sem derrotas. A equipe colorada venceu cinco partidas e empatou quatro, deixando para trás adversários como o argentino Boca Juniors e o mexicano Chivas (MEX). Seu ataque marcou 15 vezes. A defesa tomou apenas cinco gols.

Argentinos precisam de dois gols

Pelas regras da Sul-Americana, o título será decidido na prorrogação se o Estudiantes vencer pelo mesmo placar que perdeu em La Plata. Como o regulamento privilegia a equipe que marca mais gols jogando fora de casa, os argentinos só ficariam com o título no tempo regulamentar se vencerem com pelo menos dois tentos.

O zagueiro Índio, do Internacional, com uma torção no tornozelo, teve praticamente descartada sua escalação na partida decisiva contra o Estudiantes.

É muito difícil o Índio jogar, mas vamos aguardar até o último momento afirmou Tite, que deve escalar Danny Morais no lugar de Índio. No meio-campo, Guiñazu, suspenso, dá lugar a Andrezinho.

Súmula

INTERNACIONAL: Lauro; Bolívar, Danny Morais, Álvaro e Marcão; Edinho, Magrão, Andrezinho, D'Alessandro e Alex; Nilmar. Técnico: Tite

ESTUDIANTES: Andújar; Angeleri, Alayes, Desábato (Cellay) e Iberbia; Moreno, Braña, Verón e Benítez; Fernández e Boselli. Técnico: Leonardo Astrada.

Estádio: Beira-Rio, em Porto Alegre. Horário: 22h. Arbitragem: Jorge Larrionda (URU)