Gaúcho: Está na hora de acabar com a picuinha no futebol carioca

Márcia Vieira, JB Online

RIO - A possibilidade do Flamengo ajudar o Vasco a não cair para a segundona caso o rubro-negro vença o Atlético tem causado polêmica no futebol carioca. O técnico do Vasco, Renato Gaúcho, disse nesta quarta-feira, após o treino em São Januário, que está na hora de acabar com a picuinha no futebol carioca.

- Ninguém quer entregar. Se acontecer o pior para o Vasco vai ser ruim para todo mundo. Sempre fui fã do Zico não foi à toa. Ele disse esses dias que nunca vai torcer contra o futebol carioca. Amanhã o Flamengo pode precisar de ajuda, como aconteceu em 92. Se o Vasco for para a 2ª divisão será ruim para todo mundo - disse Renato.

Na noite desta terça-feira, um muro da sede da Gávea, em frente à Praça Nossa Senhora Auxiliadora, foi pichado por volta de 22h. Na parede, um recado exigia que o time rubro-negro entreguasse o jogo de domingo contra o Atlético-PR para ajudar o Vasco a cair para a segunda divisão.

O Flamengo está em situação delicada e para garantir vaga na Taça Libertadores precisa vencer o Atlético-PR e torcer pela queda do Cruzeiro ou Palmeiras. Já o Vasco precisa derrotar o Vitória, em São Januário, e esperar três resultados: a vitória do Fla sobre o Atlético, a do Inter sobre o Figueirense, em Florianópolis, e o Náutico não empatar contra o Santos.