Berger diz que pode voltar à F-1 no futuro

Portal Terra

SÃO PAULO - Após vender sua parte na sociedade da equipe Toro Rosso, o ex-piloto de Fórmula 1 Gerhard Berger afirmou nesta quarta-feira que não descarta uma possível volta à categoria no futuro.

- Não posso negar um retorno- afirmou Berger à revista inglesa Autosport.

- Se um dia as condições para que eu volte estiverem boas, então eu consideraria uma volta. Caso contrário eu posso ficar esquiando - completou.

O austríaco vendeu sua parte da escuderia para o proprietário da Red Bull, Dietrich Mateschitz, co-irmã da Toro Rosso que agora detém o controle total da novata equipe.

Esta é a terceira vez que Berger deixa a F-1. A primeira vez foi quando se retirou como piloto e a segunda foi quando deixou a equipe BMW, onde era diretor esportivo até 2003.

- Desta vez é diferente. Para mim, emocionalmente, foi muito difícil. Todos meus garotos estavam naquela equipe. No entanto, conseiderando as circunstâncias, estou convencido de que tomei a decisão correta - completou, afirmando que no momento está feliz longe da F-1.

- Posso ter perdido alguma coisa, mas ainda tenho dinheiro suficiente para pagar meu jantar nesta noite - disse.

A Toro Rosso conquistou uma vitória neste ano, com o triunfo de Sebastian Vettel em setembro, no Grande Prêmio da Itália.