Psicólogo rubro-negro arma blindagem até o fim do Brasileiro

Julio Calmon, JB Online

RIO DE JANEIRO - Antes de entrar em campo para enfrentar o Botafogo, no domingo, os jogadores rubro-negros se reuniram em uma sala do Maracanã apenas com Paulo Ribeiro, psicólogo do futebol profissional do clube. Ficou decidido entre eles que assuntos que não sejam de dentro do campo (reclamações de salários e premiações atrasados e substituições, por exemplo) não serão abordados pelos jogadores até o fim do campeonato.

Temos que nos concentrar nessa reta final. Lutamos por muita coisa ainda. Nós não sabemos quando vamos disputar o título do Brasileiro novamente. É um campeonato muito difícil. Se ganharmos os confrontos diretos e São Paulo e Grêmio perderem, voltamos a ficar próximo do título explicou Juan.