Perto de Romário, Edmundo quer marcar e salvar Vasco

Portal Terra

RIO DE JANEIRO - Com apenas dois gols a menos que o ex-companheiro Romário na artilharia da história dos Campeonatos Brasileiros, o atacante Edmundo, do Vasco, disse que está mais preocupado com a permanência do time na primeira divisão do futebol nacional, mas não escondeu o desejo de superar a marca do antigo desafeto antes de se despedir dos gramados.

O veterano jogador, autor do gol da vitória no último final de semana sobre o Santos, ainda não confirmou presença no jogo diante do Atlético-MG nesta quarta-feira, em Belo Horizonte, mas diante da situação delicada do time na tabela deve ir para campo.

- Passar o Romário seria muito legal. Esses gols poderiam ajudar o Vasco a se livrar do rebaixamento. Terminaria a carreira com chave de ouro, disse Edmundo, que em seguida preferiu dar destaque ao momento vivido pelo clube de São Januário. - Se não marcar e continuar na primeira divisão também seria muito bom e ficaria feliz do mesmo jeito, disse o atacante.

Restando quatro rodadas para o final do Brasileiro, o time carioca tem apenas 37 pontos, mesma pontuação do Náutico, que é a primeira equipe a integrar a zona de rebaixamento nacional. No entanto, a equipe cruzmaltina é superior nos critérios de desempate.