Fase do atacante Washington preocupa todos no Fluminense

Jornal do Brasil

RIO DE JANEIRO - Artilheiro do Fluminense no Brasileiro e na temporada, Washington não atravessa um bom momento. Ou pelo menos não vem sendo tão decisivo como vinha acontecendo até a partida contra o Vitória, na 30ª rodada. O atacante que anotou 18 dos 42 gols da equipe neste Brasileiro está a quatro jogos sem marcar e não vem repetindo as boas atuações. Domingo, contra o Cruzeiro, no Mineirão, teve, no mínimo, três boas oportunidades de balançar a rede, mas errou na hora de concluir. Um mau presságio para uma equipe que depende tanto de um único jogador.

Graças ao jejum de Washington, a média de gols do Fluminense baixou. Nas últimas quatro partidas, a equipe balançou as redes quatro vezes, totalizando uma média de um gol por jogo, enquanto nos 30 primeiros compromissos do campeonato o time marcou em 38 oportunidades, chegando à marca de 1,26 gols por partida.

Os valores desta estatística tornam-se mais fortes levando-se em consideração o fato de o Flu só ter passado a jogar com sua força máxima a partir da nona rodada, por estar poupando jogadores em função da Libertadores. Até então, o Tricolor só havia marcado quatro gols, numa pífia média de 0,5.

Apesar do jejum de quatro jogos, o técnico René Simões mantém a confiança no jogador, principalmente pela falta de concorrentes, já que nomes como Somália e Ciel também não estão agradando.

Todo jogador passa por determinados momentos na vida. Washington tem que encarar isso com tranqüilidade. Ainda não pensei em substitui-lo, pois acredito que ele ainda vai se recuperar. É um jogador que tem experiência e é importante para o time disse René.

Para o treinador tricolor, o que vem acontecendo com o centroavante é perfeitamente normal para um jogador dessa posição, pois todos os grandes goleadores têm seus períodos de oscilação.

Todo centroavante passa por estas fases. De vez em quando a bola bate em tudo e entra. Em outras vezes, ele faz tudo certo e a bola não entra. O importante é que ele tem se esforçado muito e tem treinado bastante ressaltou.

João Paulo em alta

Além de garantir a permanência de Washington no time titular, René Simões demonstrou-se extremamente satisfeito com o desempenho de João Paulo, que fez contra o Cruzeiro sua segunda partida como profissional.

Fiquei muito feliz com a boa atuação do garoto, pois ele não teve medo de jogar e mostrou personalidade durante os 90 minutos comentou o comandante.