Renato quer Vasco mais ofensivo no clássico

Fúlvio Melo, Jornal do Brasil

RIO - Na zona de rebaixamento e precisando da vitória, Renato Gaúcho decidiu ser um pouco mais ofensivo, mas nem tanto. Sem saber se poderá contar com Leandro Amaral, ainda machucado no tornozelo esquerdo, o técnico comandou dois treinos ontem e mexeu na formação, sem abrir mão de povoar o meio-campo. Manteve três zagueiros Jorge Luiz, Eduardo Luiz e Fernando. Jonílson, Mateus e Alex Teixeira também continuam no time, com Baiano e Valmir nas alas. A novidade é que Madson volta à sua posição de origem, como meia mais adiantado.

Nos dois treinos, Alan Kardec era o único atacante, já que Leandro Amaral ficou entregue ao departamento médico, dando continuidade ao tratamento intensivo. Mesmo com o edema no local, o médico Fernando Mattar se mostrou esperançoso quanto à recuperação.

Leandro teve uma boa melhora de ontem para onde. É possível jogar com edema, o que não dá é para jogar com dor. Não colocaremos jogador 'meia-bomba' - explicou o médico do clube.

Dou sorte contra o Flamengo. Espero que o Leandro se recupere, mas estou pronto para entrar completou Alan Kardec.

A expectativa é que Leandro finalize o trabalho fora das quatro linhas hoje, para que amanhã volte a treinar com o grupo. A tendência é que mesmo se puder contar com Leandro, o que nesse momento é improvável, o esquema com um atacante seja mantido.

No coletivo realizado à tarde, o treinador testou uma formação diferente. Fernando, ex-Flamengo e um dos três zagueiros, foi substituído pelo apoiador Ernani e a equipe passou a jogar num 4-5-1. Apesar de Madson e Alex Teixeira terem se revezado na função de municiar o ataque, ambos terão a missão de ajudar na marcação dos perigosos alas rubro-negros.

É mais fácil puxar contra-ataque, do que marcar o Léo Moura. Vou ajudar o Valmir ali pelo lado esquerdo revelou o pequenino Madson, que não se intimida com a altura de Fábio Luciano e sonha alto Quem sabe numa bola baixa eu decida o jogo com um gol de cabeça?

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais