Botafogo encerra jejum e pega argentinos nas quartas

JB Online

RIO DE JANEIRO - Com boas atuações do meia Carlos Alberto e do atacante Wellington Paulista na noite desta quarta-feira, o Botafogo interrompeu uma série de quatro jogos seguidos sem vitória ao passar pelo América de Cali por 3 a 1 no Estádio Engenhão, garantindo vaga nas quartas-de-final da Copa Sul-Americana, em que irá enfrentar o vencedor do duelo argentino entre Estudiantes e Arsenal.

Depois de ser surpreendida pelo placar mínimo na Colômbia, com gol marcado no fim, a formação carioca não teve problemas para superar os rivais na capital carioca e garantir presença entre os oito times sobreviventes na competição.

No entanto, para avançar, o time do técnico Ney Franco teve que superar um retrospecto negativo. Após reagir na temporada com bons resultados, o Botafogo apresentou uma queda de rendimento nos últimos duelos e vinha de duas derrotas e um empate, no Campeonato Brasileiro, além do tropeço diante do próprio América de Cali.

Com a vaga assegurada, o time de General Severiano reserva as suas atenções ao duelo argentino, marcado para esta quinta-feira, em Sarandí. No primeiro duelo, o Estudiantes venceu os atuais campeões da competição por 2 a 1 e tem o direito de jogar pelo empate para encarar os brasileiros, com primeira partida marcada para o dia 22 deste mês.

Precisando de dois gols para seguir vivo na competição, Ney Franco novamente preferiu mandar os seus titulares a campo, assim como já havia feito em Cali. E encontrando facilidade para criar, a primeira boa chance veio logo aos 10min, quando Wellington Paulista arriscou da entrada da área e viu a bola passar rente ao travessão.

Com maior domínio, o time carioca criava oportunidades e pressionava os colombianos em seu campo de defesa. Aos 24min, depois de receber passe dentro da área, o zagueiro Renato Silva se arriscou como atacante e chutou cruzado. Em posição de impedimento, Carlos Alberto tocou para as redes, mas teve o gol invalidado pelo trio de arbitragem.

De tanto insistir, o Botafogo foi recompensado aos 32min, quando Diguinho fez boa jogada pelo setor esquerdo do ataque e bateu cruzado para a finalização de Wellington Paulista, já dentro da pequena área. Logo em seguida, os cariocas quase fizeram o segundo novamente com o seu atacante, que furou na primeira tentativa, mas chutou forte no lance seguinte e levou perigo novamente.