Goleiro Coupet critica técnico da França por mau momento

REUTERS

PARIS - O técnico da seleção francesa, Raymond Domenech, não quer proteger seus jogadores e é responsável pelo clima ruim no time, disse o goleiro Gregory Coupet em uma entrevista publicada na terça-feira.

- As pessoas não estão felizes na seleção francesa, disse Coupet, que não joga pela França desde a eliminação na Euro 2008, à revista France Football.

O ex-goleiro do Olympique Lyon, de 35 anos, agora no Atlético de Madri, também deixou claro que sua carreira internacional acabou.

- Estou farto de Les Bleus, disse.

Coupet chamou Domenech de manipulador e disse que ele não soube aproveitar o talento do time.

- Domenech joga com as pessoas, mas se você continuar fazendo isso, você tropeça no final, disse o goleiro.

- É muito triste, porque há uma qualidade incrível no grupo e isso está sendo desperdiçado.

Para Coupet, o técnico, que manteve o emprego apesar do fiasco na Euro 2008, deve assumir a responsabilidade pelo fracasso do time.

- Eles demitiram o médico e o assessor de imprensa, disse Coupet.

- Fomos péssimos na Euro e isso aconteceu porque não havia médico nem uma pessoa responsável pela mídia. Isso é uma vergonha.

Coupet disse que Domenech, que tem uma relação difícil tanto com alguns jogadores quanto com a mídia, não defendeu seus jogadores.

- Ele tem dois jogadores na esquerda, (Eric) Abidal e (Florent) Malouda, que estão entre os melhores do mundo e, em vez de fazer tudo para protegê-los, ele os coloca em dúvida, disse Coupet.

- A mesma coisa vale para o (zagueiro Philippe) Mexes. Ele é tão brilhante na Itália, com a Roma, e não está bem na França. Tem de haver um problema e isso é (falta de) confiança. Há muitos outros exemplos.