'Nada vai nos parar', avisa o Manchester City

Agência AFP

LONDRES - Um dirigente do Manchester City, novo clube de Robinho, avisou nesta quinta-feira que nada vai parar o clube em suas ambições, depois que o time foi comprado por um grupo de investidores dos Emirados Árabes Unidos comandado pelo milionário empresário Sulaiman Al-Fahim.

Questionado pela rádio Century FM sobre uma eventual compra do astro do clube rival Manchester United, Cristiano Ronaldo, o diretor geral do City, Garry Cook respondeu: - Neste esporte nunca se deve dizer nunca. Muda todos os dias. Há dois anos, este clube buscava jogadores com um perfil muito diferente. Agora, nada vai nos parar.

Desde o anúncio da compra do clube pelo Grupo Unido de Abu Dhabi para o Desenvolvimento e o Investimento (ADUG), que tem membros da família real dos Emirados, o City contrato o atacante Robinho por mais de 40 milhões de euros.

O clube também conta com os brasileiros Elano e Jô.

A imprensa britânica revelou a suposta ambição dos novos proprietários do clube de contratar em janeiro Ruud van Nistelrooy, Lionel Messi, Fernando Torres e Cesc Fábregas, já que o dinheiro não parece ser obstáculo.

- Entramos em uma nova era. Os torcedores verão os maiores jogadores do mundo, avisou Cook.

Al-Fahim e vários sócios vão chegar na Inglaterra na sexta-feira para reuniões com Cook e o técnico Mark Hughes.

Clube secundário do futebol inglês há muitos anos, o City não é campeão da Inglaterra desde 1968, o que faz da equipe alvo de piadas dos torcedores do rival United.