Meta do Botafogo agora é a 'caça' ao Grêmio

JB Online

RIO - Quando Ney Franco assumiu o Botafogo, o clube não vinha bem no Brasileiro e conseguiu uma arrancada muito boa, como poucos alcançaram nos últimos anos. Depois de sair da zona intermediária de classificação para o G-4, a meta agora é a caça ao líder Grêmio.

Porém, com os empates contra o Vasco e o Náutico, respectivamente, a diferença aumentou para nove pontos, faltando 15 rodadas para o fim da competição. Nada impossível para técnico.

- Quando eu assumi, estávamos oito pontos atrás da zona de Libertadores, agora estamos nove atrás do Grêmio e considero que temos chances reais de chegar. Porém, precisamos ganhar e torcer para que o Grêmio não vença seus jogos, afirmou o treinador.

Ele citou os empates contra o Vasco e o Náutico, ambos no Rio de Janeiro, como grandes tropeços.

- Contra o Vasco e Náutico foram tropeços importantes e que perdemos pontos preciosos. Agora, temos que olhar para frente e tentar melhorar, lembrou.