Com Cielo, brasileiros quebram recorde mundial do 4x50 m livre

Portal Terra

SÃO PAULO - Após a conquista da inédita medalha de ouro para a natação brasileira nos Jogos Olímpicos de Pequim, Cesar Cielo voltou a competir no Brasil e com a equipe do Clube Pinheiros, de São Paulo, venceu a prova do revezamento 4x50 m livre no Troféu José Finkel, quebrando o recorde mundial da prova, que já era da equipe paulista, com o tempo de 1m27s22.

A equipe do Pinheiros formada por, Nicholas Santos, Cesar Cielo, Bruno Fratos e Fernando Silva cravou o tempo de 1m27s22, melhor marca da história, e ficou com o primeiro lugar. Na seqüência, vieram as equipes do Unisul, de Santa Catarina, com a marca de 1min29s25, e do Minas Tênis, de Minas Gerais, com 1min30s11.

Na última quarta-feira, o nadador, ganhador de duas medalhas em Pequim (ouro nos 50 m livre e bronze nos 100 m livre), havia dito que não disputaria nenhuma prova no Troféu José Finkel pois não treina há duas semanas e, com isso, não estava em condições de competir.

Decidido em não disputar a prova que o consagrou em Pequim, Cielo entregou a medalha de ouro ao vencedor dos 50 m livre ao lado do presidente da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), Coaracy Nunes. Nicholas Santos foi o vencedor da prova disputada na última quarta-feira.