Brasileiro é esperança de medalha no ciclismo

Portal Terra

PEQUIM - Soelito Gohr, que já competiu no ciclismo convencional, é uma das esperanças de medalha para o Brasil nos Jogos Paraolímpicos de Pequim. O paraatleta irá disputar quatro provas na competição e está confiante.

- É tudo igual a uma competição convencional. A estrutura é boa, assim como as instalações. Só mudam os adversários, disse ao site do Comitê Paraolímpicos Brasileiro.

Gohr, que teve um dos seus membros comprometidos após um atropelamento, compete na categoria LC1 (comprometimento no membro superior) e já foi medalha de ouro no Parapan Open de 2007, realizado na Colômbia, na prova de perseguição e prata na estrada.