Maicon aponta Chile como favorito contra o Brasil

Bernardo Ramos, Portal Terra

TERESÓPOLIS - Atrás na tabela de classificação e jogando fora de casa contra o Chile, o Brasil encara o rival sem status de favorito. Pelo contrário. Para o lateral Maicon, da Inter de Milão, o adversário entrará em campo neste domingo, no estádio Nacional de Santiago, como principal cotado para conquistar os três pontos.

- O Chile é favorito. Mas, muitas vezes, em jogos como este o favoritismo fica fora do campo, fica para trás, afirma o jogador, titular da Seleção Brasileira nos dois últimos jogos da equipe nas Eliminatórias, a derrota de 2 a 0 para o Paraguai, em Assunção, e o empate sem gols com a Argentina, no Mineirão.

Embora reconheça a dificuldade do adversário, que venceu os dois últimos confrontos no classificatório sul-americano, o volante Gilberto Silva pede futebol ofensivo da Seleção.

- A gente deve estar preparado para a dificuldade, mas tem de jogar para vencer, diz o ex-jogador do Arsenal, da Inglaterra.

Se vencer o Chile, a equipe de Dunga voltará à zona de classificação para a Copa do Mundo de 2010. Se a competição acabasse hoje, o Brasil teria de disputar uma repescagem, fato inédito na história.

A Seleção Brasileira embarcará nesta sexta-feira para Santiago, onde enfrentará o Chile, às 22h (horário de Brasília) de domingo, pela sétima rodada das Eliminatórias sul-americanas.