Berbatov admite ter aceitado salário menor para defender o Manchester

Portal Terra

LONDRES - Dimitar Berbatov teria recusado proposta do Chelsea e do Manchester City para defender o Manchester United. A escolha não foi por dinheiro, conforme publicou o jornal inglês The Guardian. Segundo o jogador, seu sonho era defender o atual dono do título da Copa dos Campeões, apesar do menor salário.

O Manchester pagou 30,75 milhões de libras (cerca de R$ 90,75 milhões) às vésperas do prazo de transferências entre clubes da Europa para trazer o atacante búlgaro do Tottenham Hotspur. Berbatov disse ter sido assediado pelo rival inglês e pelo City, que teria oferecido torná-lo o jogador mais bem pago da Liga.

- A camisa vermelha é algo realmente grande para mim, disse o búlgaro.

- Quero jogar pelo maior time do mundo. É por isso que estou aqui. Jogo por prazer, para entreter os fãs, não apenas por dinheiro, afirmou.

- Se eu quisesse jogar apenas por dinheiro, teria aceitado a proposta do Manchester City ou do Chelsea, ressaltou o jogador, 27 anos, que estava em conflito com seu antigo clube.

O Tottenham dificultava sua saída após perder o irlandês Robbie Keane para o Liverpool.

Por causa das especulações acerca das negociações envolvendo Berbatov, o técnico Juande Ramos optou por não aproveitá-lo no início do Campeonato Inglês.

- Estava passando por tempos difíceis, mas sempre acreditei que a transferência aconteceria, contou.

- Esse pode ser o último passo na minha carreira. Estou onde posso me desenvolver, disse o atacante.