Caio Júnior nega crise no Fla

Portal Terra

RIO - Após a vitória do Grêmio sobre o Figueirense na última quinta-feira, a liderança do Campeonato Brasileiro já não está mais nas mãos do Flamengo. Além disso, o clube amarga uma sequência de três partidas sem vencer.

Apesar do pequeno jejum, o técnico Caio Júnior nega qualquer tipo de crise, além de garantir que o rendimento de seu time não caiu nas últimas rodadas.

- Não tivemos uma queda de produção nas últimas rodadas, mas sim, uma queda de resultados. Liderar o Campeonato Brasileiro em nove rodadas consecutivas não é fácil e a pressão é muito grande. Agora é o Grêmio que vai sentir essa pressão. O mais importante é estar nas primeiras colocações, com chance de brigar pelo título até o final do campeonato, ressaltou o treinador rubro-negro.

Para tentar se recuperar no Brasileiro, o Flamengo tem o clássico contra o Botafogo, no próximo domingo, no Estádio do Maracanã. O meia Kléberson, que ficou fora dos últimos quatro jogos por conta de uma contusão, pode voltar a jogar e deve iniciar a partida no banco de reservas.

No ataque, Obina aprimorou as finalizações nesta sexta-feira e poderá formar dupla com Souza no domingo.

Já o meia Toró, apesar de ter treinado nesta sexta-feira, não será relacionado para o clássico.

- O Toró a gente deixa para voltar na quarta-feira, contra o Palmeiras. A gente conversou e achou mais prudente, explicou Caio Júnior.