Janela de transferências goleia o futebol carioca

Jornal do Brasil

RIO - Quando o Fluminense perdeu o título da Libertadores, Renato Gaúcho garantiu que não haveria desmanche na equipe. No Flamengo, o vice de futebol Kléber Leite foi ainda mais enfático quando Renato Augusto abriu a lista das baixas na Gávea. Mas as promessas de reforços, até o momento, continuam só no discurso, assim como em São Januário: em vez da sonhada contratação de Roque Júnior, vieram as saídas de Pablo e Philippe Coutinho.

Na difícil batalha contra a temida janela de transferências, o futebol do Rio vai perdendo por seis a dois, sendo que os dois gols de honra foram marcados justamente por quem ainda não perdeu jogadores, o Botafogo.

As chegadas de Gil e Zárate em General Severiano reduzem o impacto de uma balança mais do que desfavorável para os cariocas. Renato Gaúcho já perdeu Gabriel e Cícero, além de Thiago Neves e Thiago Silva, ambos já integrados ao grupo de Dunga para a Olimpíada. Caio Júnior se desdobra para armar o Flamengo sem Renato Augusto e Marcinho e Antônio Lopes sofre a cada rodada para dar consistência ao sistema defensivo do Vasco.

Os nomes cotados para a reposição nos três clubes não chegam a entusiasmar. O mais famoso é Felipe, cotado para voltar a um dos três clubes em que já atuou. O ex-vascaíno, rubro-negro e tricolor tenta se desvincular do Al-Sadd, com quem tem contrato até o segundo semestre do ano que vem.

Além de um camisa 10, o Flamengo também tenta contratar um atacante. Daniel Carvalho, do CSKA, é um dos cotados, mas o destino do jogador deve mesmo ser o Internacional, clube em que foi revelado. A equipe gaúcha também saiu na frente em relação aos reforços para o meio-campo: o argentino D'Alessandro, ex-San Lorenzo, era uma das opções de Kléber Leite.

Nas Laranjeiras, as especulações giram em torno de Dátolo e Lucas Castromán, ambos pouco aproveitados no Boca Juniors. William, ex-Corinthians e atualmente no Shaktar Donetsk, também está na lista de interesses, mas o jogador prefere voltar ao clube paulista. Na mesma equipe ucraniana, Jadson é disputado pela dupla Fla-Flu.

O Vasco sofre mais. Enquanto Roberto Dinamite estuda as finanças do clube, Roque Junior segue solitário na lista de interesses.