Diogo pode ficar fora do Brasileiro por cotovelada

Portal Terra

SÃO PAULO - A sexta-feira será importante para a Portuguesa, já que o atacante Diogo, principal jogador da equipe, pode virar desfalque para o restante do Campeonato Brasileiro. Ele será julgado pelo cartão vermelho recebido na derrota por 4 a 0 para o Coritiba, na 10ª rodada do Nacional.

Na ocasião, o atacante, que já havia tomado cartão amarelo, foi expulso pelo árbitro Leonardo Gaciba por acertar, aos 22min do segundo tempo, uma cotovelada no rosto de Keirrison, que precisou de atendimento médico, mas pôde continuar. O episódio foi relatado na súmula após o fim da partida.

Assim, Diogo será julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) de acordo com o artigo 253 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), por 'Praticar agressão física contra o árbitro ou seus auxiliares, ou contra qualquer outro participante do evento desportivo'. O artigo em questão prevê pena de 120 a 540 dias, o que, na pior das hipóteses, deixaria o atacante de fora do restante do Brasileiro.

Diogo é reincidente e já cumpriu um jogo de suspensão na partida seguinte ao confronto em que foi expulso, quando a Portuguesa foi derrotada por 2 a 1 pelo Grêmio.