Botafogo vence e tira Grêmio da vice-liderança

Portal Terra

RIO - O técnico Geninho pode respirar aliviado. Após ver seu nome ameaçado de demissão em caso de novos tropeços do Botafogo, a equipe carioca reagiu neste domingo e, pelo encerramento da nona rodadado Campeonato Brasileiro, venceu o Grêmio por 2 a 0 no Engenhão, encerrando uma sequência positiva dos rivais.

Durante toda a semana, comentava-se em General Severiano que Geninho estaria sendo obrigado a obter bons resultados para se manter no posto de treinador. A promessa era de um jogo duro, pois o Grêmio ostentava uma invencibilidade de quatro rodadas: a última derrota dos gaúchos aconteceu em 31 de maio, nos 2 a 1 para o Vasco, em São Januário.

Quem comemorou o resultado foi o Flamengo. Após vencer o Náutico por 3 a 0 no último sábado, os cariocas chegaram aos 22 pontos e, com a série de tropeços dos rivais diretos à liderança, abriu cinco pontos de vantagem na ponta.

O resultado foi de péssimas intenções para o Grêmio, que desfalcado do meia Roger, agora no futebol do Catar, perde a vice-liderança da competição para o Cruzeiro. Ambos têm 17 pontos e cinco vitórias, mas os mineiros ficam em vantagem pelo critério de desempate dos gols marcados (15 a 13).

O Botafogo reencontra um resultado positivo após três rodadas (derrotas para Internacional e Portuguesa, além do empate sem gols com os reservas do Fluminense). A última vitória acontecera no último dia 8 de junho, nos 2 a 1 sobre o Coritiba, também no Engenhão.

Com o resultado positivo, o time alvinegro respira na luta contra o rebaixamento. A equipe agora soma 11 pontos, apenas dois de vantagem sobre a zona de perigo, mas em vantagem nos critérios de desempate diretos com alguns concorrentes que possuem a mesma pontuuação (Sport e Atlético-MG). Internacional e Vasco, contudo, permanecem à frente.

Se o plano dos atletas era salvar o emprego de Geninho, a atitude demonstrada nos primeiros minutos de jogo mostrou que o caminho estava correto. Desde o início o time carioca se mostrou superior e mais atuante no ataque. O gol era questão de tempo.

E ele veio aos 15min. Túlio recebeu passe dentro da área, ajeitou com cuidado e experimentou o arremate de longa distância. A bola desviou em Réver, bateu no volante Rafael Carioca e tirou o goleiro Victor do lance, definindo o primeiro gol dos mandantes.

Jogando na velocidade, o time carioca surpreendia e empolgava a torcida. Mesmo assim, o gol que sacramentaria a vitória viria apenas na etapa final. Aos 7min, Jean empurrou Wellington paulista na entrada da área. Zé Carlos foi para a cobrança no minuto seguinte, bateu bem na bola e enganou o goleiro, definindo o placar final.

Animado pela vitória, o Botafogo volta a campo às 21h45 (de Brasília)desta quarta-feira contra o Santos, na Vila Belmiro. No mesmo dia, mas às 20h30, o Botafogo vai a Salvador enfrentar o Vitória em Barradão.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais