Lahm se diz mais feliz com gol do que com próprio desempenho

REUTERS

BASILÉIA - O alemão Philipp Lahm afirmou que o gol no último minuto contra a Turquia foi o mais importante da sua carreira, mas não se disse tão animado sobre seu desempenho na vitória por 3 x 2 sobre a Turquia pelas semifinais da Euro 2008 nesta quarta-feira.

O lateral de 24 anos participou da partida nos dois lados do campo, primeiramente cometendo um erro que permitiu o empate da Turquia por 2 x 2 aos 41 minutos do segundo tempo.

No entanto, o jogador compensou quatro minutos depois, trocando passes com Thomas Hitzlsperger para marcar o gol vencedor, que também lhe deu o prêmio de melhor jogador da partida.

- Acho que minha performance foi ok, mas acho que houve outros jogos em que mereci mais esse prêmio - disse o jogador na coletiva de imprensa.

- Não me saí bem no gol de empate da Turquia, mas como um time, sabemos que você tem que continuar acreditando em suas habilidades -

- Você pode perder em um carrinho como eu fiz antes no gol da Turquia, mas não pode perder a fé em você e no seu time -

- Falhar no 2 x 2 pouco antes do final, e pouco depois marcar o gol da vitória, e tudo isso em uma semifinal de Eurocopa, eu posso com certeza dizer que foi o gol mais importante que marquei em minha vida -

- Não posso dizer que isso passou na minha cabeça. Havia muita emoção -

Lahm disse que não ligava para quem seriam os adversários da final de domingo, os vencedores da semifinal disputada entre Rússia e Espanha.

- Estou muito feliz de estar na final, e enfrentaremos quem quer que seja - disse.

- Tudo o que queremos agora é trazer o título para a Alemanha -