Após fracasso por 2012, Madri aposta em 'experiência'

Portal Terra

MADRI - Finalista na eleição que definiu Londres como sede da Olimpíada de 2012, Madri tem como trunfo utilizar a experiência adquirida na última tentativa para receber pela primeira vez os Jogos. A capital espanhola também foi aspirante ao evento de 1972, mas perdeu a indicação para Montreal, no Canadá.

No processo de aperfeiçoamento da candidatura, Madri enfatiza para 2016 o comprometimento na integração entre o esporte e demais setores da sociedade, como saúde, educação e cultura.

- Os valores olímpicos podem e devem ser um catalisador para promover a integração social e progresso - diz a cidade em sua argumentação.

Conta a favor de Madri a estrutura já existente para a prática esportiva. A capital espanhola recebe competições de primeiro nível com freqüência, mas a candidatura compromete-se a atualizar os locais esportivos com equipamentos adequados.

O logo escolhido, com formato de uma mão, tenta representar um "toque humano" prometido durante a organização dos Jogos. A candidatura ressalta que Madri é uma cidade multicultural, com pessoas de diferentes nacionalidades convivendo harmoniosamente.

Com a proposta reformada, Madri acredita ser possível melhorar ainda mais a avaliação positiva da última tentativa.

Apesar de não ser a escolhida, a cidade recebeu nota 8,3 na avaliação técnica do projeto, atrás apenas de Paris. Na votação final, Madri superou Moscou e Nova York e ficou fora da escolha final por dois votos.