Marcelo sente dores e pode desfalcar Seleção

Portal Terra

BOSTON - Depois de começar as atividades da Seleção Brasileira no lugar de Gilberto Silva, o lateral Marcelo sentiu dores na coxa direita e saiu mais cedo do treino comandado pelo técnico Dunga nesta terça-feira.

O atleta do Real Madrid iniciou imediatamente um trabalho com gelo no local e mais tarde fará tratamento com eletrodos. Segundo o fisioterapeuta da Seleção, Luiz Alberto Rosan, ainda não é possivel confirmar Marcelo para o amistoso com a Venezuela, nesta sexta-feira.

- Não dá para dizer se o Marcelo vai ou não atuar contra a Venezuela. O trabalho visa justamente diminuir o risco de lesão para que ele possa jogar - disse.

- É bom começar o trabalho logo porque quando um jogador sente essa dor pode virar uma contusão na frente. Esse processo serve para evitar a contusão - explicou Rosan.

Após o treino-tático desta terça-feira, os demais jogadores e integrantes da delegação brasileira nos Estados Unidos terão a tarde livre em Boston.