Felipão diz que elenco precisa de carinho e abraços

Portal Terra

LISBOA - Prestes a estrear pela seleção portuguesa na Eurocopa 2008 - contra a Turquia, dia 7 de junho - o técnico Luiz Felipe Scolari afirmou, em entrevista ao jornal Record, que não é "duro" com seus jogadores e que às vezes o elenco precisa de "carinho" e "abraço".

- Os jogadores, às vezes, precisam de um carinho, de um abraço, mas também de um castigo - afirmou Felipão, antes de comentar o "castigo" que costuma aplicar em seu elenco.

- Deixá-los no banco funciona e é o principal castigo. Mas eles são muito bons de coração. Às vezes, precisam apenas de uma palavra de carinho - completou o treinador.

Felipão negou ainda sua fama de durão e disse que é muito paciente com seu elenco.

- Sou um dos técnicos mais democratas que já passaram pela Federação. São eles quem o dizem - afirmou.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais