Movimentação é intensa na porta do Palestra Itália

Portal Terra

SÃO PAULO - A torcida do Palmeiras já começou a chegar no Palestra Itália e se acumular em frente à entrada principal do estádio na ânsia de acompanhar a decisão do Campeonato Paulista diante da Ponte Preta, às 16h (de Brasília) deste domingo.

Animados, os fãs do Palmeiras não têm dúvidas: o jejum de quase 12 anos sem conquistas estaduais terminará contra a equipe de Campinas: "A macaca vai virar mico. O Palmeiras vai atropelar", avisou Eduardo Mancuso, um dos primeiros palmeirenses a chegar ao Palestra neste domingo. "Estou aqui desde às 8h30 e pronto para gritar muito pelo Verdão", completou.

Ao lado do enorme caminhão de som estacionado em frente a uma das principais torcidas organizadas do Palmeiras, o público feminino também aguarda ansiosamente o início da partida contra os campineiros.

-Vamos sair do Palestra direto para o trio elétrico. A festa será completa, avisou Daniele Farias, que não é ligada a nenhuma torcida organizada, mas não teme pela sua segurança. "Hoje é dia de alegria, não de briga", apostou.

Dentro do estádio, ainda sem torcida, o Palestra já começa a ganhar ares de decisão. Funcionários da Federação Paulista de Futebol (FPF) fazem os ajustes finais em um palco montado atrás do gol das piscinas, onde o futuro campeão paulista receberá a premiação.

No gramado, faixas em preto, branco e verde, cores dos finalistas do Estadual, são estendidas de lado a lado por escoteiros, dando uma prévia da bonita festa de encerramento que acontecerá pouco antes de a bola começar a rolar no Palestra Itália.

O policiamento de quase dois mil homens destacado para trabalhar na final promete toda segurança para palmeirenses e ponte-pretanos. O local destinado a entrada do ônibus dos visitantes, a rua Padre Antonio Tomáz, está fechado para o trânsito "comum" pela Companhia de Engenharia e Tráfego (CET).