Kovalainen diz que está pronto para correr na Turquia

REUTERS

EUA - O piloto Heikki Kovalainen, da McLaren, disse que não teme voltar a correr no Grande Prêmio da Turquia da próxima semana, após ter sofrido um forte acidente na Espanha no fim de semana passado.

- Quero voltar a correr o mais breve possível - disse o finlandês, nesta sexta-feira - Desde o acidente em Barcelona, esse tem sido meu único foco.

- Todos os envolvidos no esporte, a FIA em particular, estão sempre melhorando a segurança dos pilotos, mas a Fórmula 1 é arriscada. Você sabe isso como piloto, mas não pensa nisso.- disse.

- Se você se preocupar com coisas como essa, perde a concentração. Acho que isso não está na minha mente - acrescentou Kovalainen.

O piloto, 26 anos, ficou inconsciente após o acidente ocorrido no Circuito da Catalunha no último domingo e passou a noite internado no hospital sob observação. Ele disse após receber alta que não se lembra do acidente, no qual seu McLaren entrou na proteção de pneus a cerca de 130 km/h.

Kovalainen, que passará por um exame médico obrigatório em Istambul antes de ser liberado para correr, disse que está se sentindo melhor e que a tensão no pescoço havia praticamente desaparecido.

O chefe-executivo da McLaren, Martin Whitmarsh, disse que a equipe vai marcar um exame neurológico completo para o piloto antes de liberá-lo para voltar a correr. Ele acrescentou que a equipe, que tem o espanhol Pedro de la Rosa como piloto reserva, já tem um plano caso a FIA vete a participação de Kovalainen em Istambul.