Discussão entre atacantes marca treino do Palmeiras

Portal Terra

SÃO PAULO - Os atacantes Denílson e Lenny tiveram uma dura discussão, nesta sexta-feira, durante o treino do Palmeiras. O primeiro, mais experiente, irritou-se com as gozações do segundo, cujo time levou a melhor em uma atividade de dois toques.

O entrevero não foi observado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo, que comandava um trabalho leve com os titulares. O treino em dois toques era acompanhado pelo treinador de goleiros Carlos Pracidelli, que minimizou o bate-boca.

Entre algumas ofensas impublicáveis, Denílson disse que Lenny "nunca ganhou nada". A irritação do pentacampeão mundial aumentou com a reação do garoto, que sorria, e o entrevero só acabou quando outros jogadores intervieram.

A confusão aconteceu no penúltimo treino do Palmeiras antes da decisão do Campeonato Paulista, contra a Ponte Preta. A derradeira atividade de preparação para o confronto com os campineiros está marcada para este sábado.