Roger, ex-Flamengo, obtém nacionalidade polonesa e jogará a Eurocopa

Agência EFE

MADRI - O lateral-esquerdo brasileiro Roger, ex-Corinthians e Flamengo, recebeu nesta quinta-feira os documentos credenciam sua nacionalidade polonesa das mãos de Lech Kaczynski, presidente do país.

- É um momento muito importante na minha vida - disse o jogador, que defende o clube polonês Legia Varsóvia desde 2006.

O lateral, que agora também usa no futebol o seu sobrenome Guerreiro, tem grandes chances de jogar a Eurocopa, já que o holandês Leo Beenhakker, técnico da seleção da Polônia, afirmou na quarta-feira que convocaria o jogador assim que ele se naturalizasse e obtivesse o sinal verde da Fifa.

Roger Guerreiro, de 25 anos, já atuou por São Caetano, Corinthians, Juventude e Celta, da Espanha.

Seu melhor momento no futebol brasileiro foi a conquista do Campeonato Carioca de 2004 pelo Flamengo, quando foi um os destaques da campanha.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais