Ronaldinho Gaúcho dá camisa autografada para presidente do Milan

Agência EFE

MILÃO - O meia-atacante brasileiro Ronaldinho Gaúcho, do Barcelona, deu uma camisa autografada ao presidente do Milan e futuro primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi - o que prova que o jogador realmente pode estar perto de acertar com o clube italiano.

A notícia foi dada pelo próprio Berlusconi. Segundo ele, o presente foi entregue na noite de segunda-feira pelo ex-jogador Assis, irmão e representante de Ronaldinho, e tinha uma "dedicatória muito carinhosa".

Perguntado por uma emissora de rádio sobre o suposto acerto do brasileiro com o clube, Berlusconi brincou: - Por enquanto, chegou só o irmão - em referência à entrega do presente.

Berlusconi, líder do partido Povo da Liberdade, venceu com folga as eleições gerais realizadas domingo na Itália. Na segunda, ele passou a maioria do dia em sua casa na localidade de Arcore, perto de Milão.