Presidente do Real Madrid acredita no bi do Espanhol

Agência EFE

RABAT - O presidente do Real Madrid, Ramón Calderón, acredita que sua equipe conquistará o bicampeonato espanhol, mas evitou cantar vitória até o fim da competição.

- Estamos obviamente contentes pela situação da equipe no Espanhol. Estar com nove pontos de vantagem sobre o segundo colocado - o Barcelona - faltando seis rodadas é algo difícil de conseguir, mas reitero que ainda não conseguimos nada - afirmou o dirigente durante visita oficial à cidade de Rabat, capital do Marrocos.

- Temos uma vantagem que nos permite ser otimistas, mas ainda é preciso esperar. Faltam seis jogos, temos de continuar com muita concentração e não podemos cantar vitória até o final - disse Calderón.

O presidente do Real Madrid evitou falar sobre contratações à próxima temporada, afirmando que ainda não pensou em ninguém por enquanto. Ele também elogiou o grupo atual:

- Temos jogadores que não só nos deram muito, mas nos proporcionarão outros sucessos no futuro. Tivemos alguns com lesões, mas acho que a política de contratações foi um acerto - comentou Calderón.

Além disso, ele fez questão de elogiar a contratação do treinador alemão Bernd Schuster: 'A equipe fez jogos magníficos e estamos perto de conseguir o título espanhol em condições muito melhores que as que tivemos no ano passado'.

Durante sua visita ao Marrocos, o presidente do Real se reuniu com o primeiro-ministro do país, Abbas El Fassi.