Dudu Cearense apóia multa contra insultos racistas no Campeonato Russo

Agência EFE

MOSCOU - O volante brasileiro Dudu Cearense, do CSKA Moscou, expressou seu apoio à multa de 55 mil rublos (US$ 2.320) imposta ao Torpedo Moscou pelo comportamento de seus torcedores durante uma partida da segunda divisão do Campeonato Russo, na qual proferiram insultos racistas contra um jogador africano da equipe rival.

- Atos racistas, tanto de jogadores, dirigentes ou torcedores, não podem ser tolerados. Sempre que houver algum tipo de atitude de discriminação os responsáveis devem ser multados ou até punidos de forma mais forte - declarou o volante.

Jogando ao lado de outros brasileiros, como Vagner Love, Jô e Daniel Carvalho, Dudu Cearense diz que os torcedores de seu clube não costumam hostilizar atletas negros.

- Até pelo fato de o CSKA contar há muitos anos com atletas estrangeiros, principalmente brasileiros e africanos, nossa torcida respeita todos os atletas. No entanto, infelizmente em alguns jogos fora de casa, houve casos isolados de atitudes racistas - concluiu.