Corinthians condena briga de torcedores no futsal

Portal Terra

SÃO PAULO - Em nota oficial publicada no site do Corinthians, o clube condenou os incidentes ocorridos no ginásio poliesportivo de São Bernardo do Campo na decisão do Troféu Cidade de São Paulo de Futsal, na partida contra o Palmeiras, na última terça-feira.

A 19 minutos do fim da partida, torcedores do Corinthians tentaram ultrapassar o limite entre as torcidas. Impedidos pelo policiamento, eles partiram para a briga. Os palmeirenses, por sua vez, foram ao encontro dos rivais e o confronto começou.

A nota diz que o clássico entre Corinthians e Palmeiras foi marcado por "atitudes covardes e irresponsáveis de pessoas que não são ligadas ao esporte". Além disso, o Corinthians afirma que "lugar de marginais não é o ginásio ou estádio de futebol, é a cadeia".

A equipe do Parque São Jorge se colocou à disposição da Federação Paulista de Futsal e da Polícia Militar para colaborar na apuração do ocorrido.

"Essa infeliz minoria não representa de forma alguma a Nação Corintiana", finaliza a nota.