Santos atropela San José e encosta na liderança do grupo 6

Agência EFE

SÃO PAULO - O Santos se redimiu da eliminação no Campeonato Paulista ao golear nesta terça-feira o San José, da Bolívia, pelo placar de 7 a 0 na Vila Belmiro, resultado que colocou o time mais perto da liderança do grupo 6 da Libertadores.

O primeiro gol do Santos saiu aos 17 minutos de jogo. Kléber alçou bola à área na cabeça de Domingos, que subiu livre de marcação e colocou a equipe à frente.

Aos 22, o colombiano Molina fez o segundo ao arriscar um chute de fora da área. A bola quicou e acabou entrando no canto direito do goleiro Vaca, que acabou enganado no lance.

Molina marcou novamente aos 32, aproveitando bola mal tirada pela defesa da equipe. Ele chutou colocado no canto direito do goleiro. O colombiano fez seu terceiro na partida aos 18 da etapa final, completando cruzamento pela esquerda de Kléber livre na área, de sem-pulo, no ângulo direito.

Aos 34, Kléber Pereira fez o quinto dos Santos ao se antecipar ao goleiro e escorar um cruzamento do lateral Kléber. O jogador estava em posição de impedimento.

O sexto saiu aos 38, com o equatoriano Quinonez. Ele invadiu a área e tocou cruzado na saída de Vaca.

Molina fez seu quarto na partida aos 41, em bela jogada dentro da área, e fechou o massacre do Santos na Vila. Esta foi a maior goleada da Libertadores - até então, o Fluminense havia passado pelo Arsenal, da Argentina, por 6 a 0 no Maracanã.

O resultado coloca os brasileiros na vice-liderança da chave, com sete pontos - apenas um à frente do Cúcuta Deportivo, da Colômbia. O San José fica com quatro, enquanto a lanterna é do Chivas, com três.

O próximo compromisso da equipe paulista é contra o Chivas, em Guadalajara, na próxima quarta-feira.