Flu pega Libertad em busca de classificação inédita na Libertadores

Agência EFE

MADRI - O Fluminense encara o Libertad, do Paraguai, às 21h50 de Brasília da próxima quarta no Maracanã em busca de uma inédita classificação para as oitavas-de-final da Copa Libertadores da América, com a qual garantiria tranqüilidade para disputar também a fase final da Taça Rio.

A importância dada pela comissão técnica do Flu à partida é tanta que a equipe titular foi poupada no clássico contra o Botafogo pelo Campeonato Carioca, no último domingo - o alvinegro venceu por 3 a 1 -, para que não houvesse riscos de alguém ficar de fora do jogo contra o time paraguaio.

Caso vença o Libertad, o Fluminense chega a dez pontos na tabela do grupo 8 e passa a dividir a liderança com a LDU, do Equador, e garante sua classificação para a próxima fase da competição. Porém, apesar do clima de otimismo o técnico do tricolor carioca, Renato Gaúcho, pede cautela.

Em declarações ao site oficial do Fluminense, Renato disse que o time caminha 'degrau a degrau'.

- Todo mundo quer a Libertadores e estamos no caminho certo, mas temos que ter muita calma, pois não somos favoritos - declarou.

O treinador do tricolor carioca afirmou ter conversado com seus comandados sobre a importância de garantir o primeiro lugar no grupo.

- O grupo está consciente disso para buscar o máximo de pontos e ter vantagem lá na frente - acrescentou Renato, que conta com o apoio da torcida para vencer o Libertad.

- Tenho certeza que vamos colocar 45 mil pessoas no Maracanã - afirmou o técnico.

Para esta partida a equipe carioca será novamente obrigada atuar com apenas um atacante de ofício, Washington, pois Dodô continua machucado e Leandro Amaral está impedido de jogar por causa de problemas trabalhistas com o Vasco. O meia Cícero será novamente escalado no frente.

Já o Libertad chega a este confronto como o lanterna do grupo 8 com nenhum ponto conquistado. A expectativa é que o Libertad não ofereça muito trabalho ao Fluminense. No último jogo entre as duas equipes, o time carioca venceu por 2 a 1 em plena Assunção.

Apesar da péssima campanha na competição sul-americana o Libertad é o líder do Torneio Apertura do Campeonato Paraguaio. Os destaques da equipe são o meia colombiano Vladimir Marín e o atacante Roberto Gamarra.

- Prováveis escalações:

Fluminense: Fernando Henrique; Gabriel, Thiago Silva, Luiz Alberto e Junior César; Ygor, Arouca, Conca e Thiago Neves; Cícero e Washington. Técnico: Renato Gaúcho.

Libertad: González; Balbuena, Benítez, Sarabia e Cardoso; Aquino, Pouso, Cáceres e Marin; Roberto Gamarra e Juan Samudio (Olivera). Técnico: Rubén Israel.

Arbitragem: Rubén Selman, do Chile, auxiliado por seus compatriotas Osvaldo Talamilla e Sergio Roman.